Clique na imagem acima para mais informações! Votação até de 25 de fevereiro!

O quê é Tribal Fusion?

por Aerith Asgard & Gabriela Miranda



Olá pessoal!

Ainda nos dias de hoje muita gente não entende o que é a  Dança Tribal. No Brasil a pergunta é recorrente, talvez por incertezas, como confiar em uma fonte precisa; talvez pelas diversas fusões que surgem com o nome de "Tribal Fusion", mas que não tem nada da dança tribal, confundindo mais ainda as pessoas, principalmente quando são apresentadas em festivais conceituados do estilo, como o Tribal Fest, por exemplo.

Neste ano, tivemos duas respostas do grande ícone do tribal fusion, Rachel Brice, às brasileiras. O primeiro foi a indagação no evento Shaman's Fest, em Rio Claro -SP, pela bailarina e tradutora dos workshops, Gabriela Miranda. O segundo momento foi a mesma indagação feita por mim (Aerith) a Rachel em um tópico de perguntas que ela abriu em sua fan page no facebook.

Segue abaixo as duas resposta da Rachel Brice sobre sua opinião a respeito do que é o tribal fusion.


Pergunta de Gabriela Miranda (SP) no Workshop da Rachel Brice (RB) , no Shaman's Fest 2014. Segue abaixo a resposta da RB:


A Rachel respondeu que, para ela, Tribal Fusion é American Tribal Style (ATS®) com outras coisas. Ela disse que, quando começou a se preocupar com as origens, descobriu que tudo parte de algum ponto e que o Tribal Fusion parte do ponto ATS. Disse que por muito tempo não quis se rotular,  mas que hoje ela aceita o titulo Tribal Fusion para sua dança e respeita as origens.



Pergunta de Aerith (RJ) no tópico da fan page da Rachel Brice. Clique aqui para visualizar a resposta na fan page.

"For me, Tribal Fusion was fusing ATS with other dance forms. When I asked Carolena what I should call my style, she said "fusion." I decided to call it "tribal fusion" to give credit to Carolena, as she was the only one using the term "tribal" at the time. Jill Parker was the first tribal fusion dancer, but she was calling it belly dance theatre back then. Now many people have adopted the term to mean many different things, but for me the definition remains the same: tribal fusion is fusing tribal style (ATS) with other dance forms. My work is rooted in ATS, and I'm coming back to it more and more for its classical lines and uplifted and feminist presentation. I think much tribal fusion you see could actually be called "fusion"."


Tradução por Gabriela Miranda:

"Para mim, tribal fusion era fusionar ATS com outras formas de dança. Quando eu perguntei a Carolena sobre como deveria chamar o meu estilo, ela disse "fusion" (fusão). Eu decidi chamar tribal fusion (fusão tribal) para dar crédito a Carolena, como ela era a única usando o termo "tribal" naquela época. Jill Parker foi a primeira bailarina de tribal fusion, mas ela a chamava de dança do ventre teatro naquela época. Agora muitas pessoas adotaram o termo para muitas coisas diferentes, mas para mim a definição continua a mesma: tribal fusion é fusionar o estilo tribal (ATS) com outras formas de dança. Meu trabalho é fundamentado no ATS, e eu estou cada vez mais voltando para essa linha clássica, super aberta e feminista de se apresentar. Eu acredito que muito do tribal fusion que você vê atualmente pode ser chamado apenas de fusão."




Parece que a Rachel pretende abrir o tópico futuramente. Então, se você ainda tem alguma dúvida sobre a dança tribal fusion, que tal perguntar direto à fonte? ;)

Para finalizar, já que uma imagem, ou melhor, um vídeo, diz mais que mil palavras, segue o mini-documentário abaixo em que ela diz tudo isso ^^ Abaixo está a tradução livre da Gabriela Miranda sobre o estilo pessoal da Rachel Brice, a partir de 03:47 do vídeo:

"American Tribal Style é uma forma de dança que nasceu no início dos anos 90. Uma mulher chamada Carolena Nericcio criou esse estilo, e ele nasceu a partir de outros estilos, mas o que realmente o diferencia de qualquer outro tipo de dança do ventre que estava acontecendo naquela época foi que havia essa postura Flamenca, que tinha o peito muito aberto, e braços muito altos e ativos. Então os braços tinham vida própria. Isso tudo tinha a ver com fusionar estilos de danças de muitas Tribos nômades e culturas diferentes. Era um estilo meio alternativo na época. Muitas pessoas que o praticavam tinhas tatuagens e piercings. Então era um estilo com uma cara muito artística. Então, quando eu vi esse estilo, eu soube imediatamente que era exatamente isso que eu queria fazer."


OBS: A Gabi já postou essa mesma tradução em seu mural em outubro de 2013. Eu pedi autorização a ela para postar esse material neste post do blog.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...