Curso Mensal de Tribal Fusion com Gabriela Miranda e Yoli Mendez

por Gabriela Miranda & Yoli Mendez

 

Nesse final de semana aconteceu a primeira aula do Curso Mensal comigo (Gabriela Miranda) e Yoli Mendez. O curso foi idealizado e produzido por nós duas, que trabalhamos também com produção de eventos com o nosso Ateliê Tribal Skin. Eu e Yoli estamos saindo de São Paulo e - com exceção de workshops esporádicos - esse curso será a única forma de estudar conosco agora no estado de São Paulo. 

A Yoli Mendez falou um pouco de como foram as primeiras aulas das 4 turmas que nós formamos para trabalhar a cada encontro e de como foi realizar esse projeto:

“Estamos muito felizes com o resultado deste curso, pois estamos trabalhando neste projeto há cerca de dois anos. O principal objetivo do nosso curso é estudar, experimentar e desenvolver o Estilo Tribal, tendo como ponto de partida suas raízes, passando por suas diversas vertentes até chegar a ferramentas para desenvolvimento e aprimoramento do estilo pessoal de cada bailarina. O curso terá aproximadamente 2 anos e esperamos conseguir transmitir às nossas alunas o conhecimento que adquirimos como estudantes e professoras durante esses anos.

Trabalho das turmas em aula

Neste primeiro encontro começamos nos conhecendo e falando um pouco sobre nossas experiências na dança. Eu me emociono muito em ouvir a história das meninas... Muitas vezes essas histórias acabam sendo muito parecidas com as nossas e umas com as outras, gerando um sentimento de empatia e compreensão mútua. É nesse momento que a turma se une, se identifica como tribo e onde as novas amizades nascem. Para nós este primeiro passo é o mais importante: saber como cada uma se apaixonou pelo Tribal, como cada uma encara a dança e entender um pouquinho de como cada bailarina funciona e experimenta a dança. É nesse momento também que as meninas passam a trabalhar como um grupo, onde as diferenças são deixadas de lado.

Trabalho das turmas em aula

O segundo passo é entender a história do Tribal. Como, quando e onde surgiu. Quem foram as grandes mulheres que fizeram o estilo nascer e continuar existindo, e às quais prestamos reverência. Outra longa e mágica conversa que me deixa muito feliz: reverenciar as nossas origens, entender a nossa história e entender que fazemos parte dela é sempre maravilhoso. A partir daí se iniciam as técnicas.

O curso possui um cronograma estruturado, então as alunas conseguem saber previamente o que será dado e assim se preparar para o próximo encontro.”

Trabalho das turmas em aula
Ficamos muito felizes em ter a maioria das nossas alunas regulares presentes no curso; é muito legal manter contato com pessoas que se tornaram nossas estudantes frequentes e, acima de tudo, amigas. Também foi muito legal receber meninas de diversas cidades do interior e meninas que há tempos queriam fazer aula de Tribal conosco e não conseguiam vir nas aulas semanais... Muito bom saber que o formato mensal permitiu que alunas que antes não tinham acesso a um professor físico, agora tenham.

Trabalho das turmas em aula
Nós tivemos algumas pessoas questionando se o formato mensal seria o ideal para trabalhar um curso de aprofundamento no Tribal, e nós acreditamos que sim... Pois é o aluno que faz o conhecimento se solidificar, mais que o professor. O professor fornece o conteúdo, o acesso. Mas é o esforço do aluno que faz com que o conhecimento permaneça e se cristalize, e o que é mais legal é que já na primeira aula conseguimos identificar evoluções significativas nas alunas, principalmente das iniciantes que começam a dançar agora mesmo, tendo o Tribal como primeiro estilo. Ver um corpo aprendendo a dançar e a entender as movimentações é sensacional!

Trabalho das turmas em aula

As alunas do curso se esforçaram muito nos exercícios e atividades, participando com perguntas e histórias... Ficamos muito orgulhosas do rendimento desse final de semana! Essas turmas prometem!

Encerramos a aula sempre com o Puja, para reverenciar as mestras que criaram o Tribal e tudo aquilo que é necessário para que dancemos... O espaço, a perseverança, o chão, a música, as professoras, nós mesmas, nossas amigas na dança, e tudo que nos cerca. Que o espírito de tribo que esse estilo nos proporciona continue em nossos corações por todos os nossos próximos encontros!

Turmas das escolas Campo das Tribos e Bele Fusco

Para mais informações:
 tribal.skin.atelie@gmail.com



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...