Clique na imagem acima para mais informações! Votação até de 25 de fevereiro!

[Entrando na Roda] Acessórios no ATS®

por Aline Muhana

Olá pessoal! 

No nosso Entrando na Roda desse mês vamos falar sobre a utilização de acessórios no American Tribal Style®.

Espadas, cestos, véus, saias , leques e até pandeiros tem aparecido nas apresentações de ATS® em dezenas de vídeos, provenientes dos mais diversos países. Afinal, como conjugar a técnica do ATS® com a utilização de um objeto em sua dança?

É necessário levar em consideração diversos pontos relevantes da sua performance: a música será rápida ou lenta? Você gostaria de tocar snujs e segurar o objeto? Como entrar com este acessório em cena? Qual a natureza deste objeto?

Depois de responder a todas estas perguntas ( e certamente outras ainda surgirão), é necessário descobrir até que ponto o objeto será incorporado na técnica do ATS.  Eu, Aline Muhana,  gosto de classificar em 3 níveis de Modificações:

    Nivel 1 – Objetos em equilíbrio

(Basicamente espadas e cestos). Neste nível de Modificação a interferência na técnica é mínima. O objeto estará a maior parte do tempo  equilibrado sobre a cabeça, portanto o máximo de mudanças necessárias para manter-se fiel à técnica seria modificar a altura dos braços quando necessário. Como as mãos ficarão livres por boa parte do tempo é possível até mesmo tocar os snujs (quando possível e apropriado).

   Nível 2 – Incorporando os objetos aos movimentos

Neste próximo estágio a Modificação é mais intensa, dispensando o uso dos snujs, pois o objeto estará em mãos praticamente  todo o tempo. O desafio neste estágio é incorporar totalmente o objeto às movimentações do ATS® fazendo Modificações mínimas nos movimentos, porém incorporando  o objeto em movimento quando for necessário. (Por exemplo, segurar a saia durante os “calibrated spins” ou fazer a movimentação completa de um “propeller turn” com a espada nas mãos)


   Nível 3 – Criando movimentos específicos para cada acessório  

Ao chegar neste nível novos movimentos serão criados para melhor demonstrar  toda a potencialidade do acessório, mas sempre respeitando os limites dos Movement Dialects (passos que são criados em conformidade com a estética, técnica  e a corporeidade do ATS®). Neste ponto um novo vocabulário de movimentações pode ser criado  e executado por uma instrutora ou um grupo, como uma linguagem particular destas pessoas.




     Existem instrutoras e companhias de dança que inclusive já gravaram DVDs didáticos com suas próprias interpretações sobre o uso de acessórios, todos eles com a aprovação de Carolena Nericcio-Bohlman.

Alguns deles seguem abaixo: 

Terri Alred, Dawn Ruckert e Super Beth:
ATS with Props DVD: Veil, Fan and Basket

Davina Tribal Collective: ATS with an Edge  (descontinuado)

Krisztina Naz-Clark
Work that skirt: Instructional 2 DVD Set

Lembrando que qualquer pessoa ou grupo  pode criar seu próprio vocabulário, o uso dessas técnicas é totalmente opcional.

Particularmente gosto de apresentar os  acessórios para minhas alunas em aulas especiais e workshops, abertos inclusive a praticantes de outras danças.

Dúvidas, sugestões ou idéias? Escreva aqui pra gente nos comentários!

Grande beijo e até o próximo Entrando na Roda!


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...