>

Sobre Aerith

Aerith (pronuncia-se 'Aéris', e não 'Aeriti') iniciou no mundo da dança aos 6 anos de idade fazendo jazz. 

Desde a novela Explode Coração  tem paixão pelas danças ciganas, que pretende um dia ainda aprender. Através dessa novela seu gosto pela dança aumentou, buscando a dança do ventre por achar semelhante à cigana  na época, já que não havia esse estilo de dança em Nova Friburgo na sua infância e adolescência. Além desse fato, também se apaixonou pela dança do ventre ainda mais após a novela O Clone.

Na dança do ventre, começou sua trajetória com a bailarina Kristinne Folly no ano de 2008,em Nova Friburgo-RJ e, posteriormente, voltou-se ao tribal fusion em 2009.  Ex-membro do Grupo Asgard, grupo voltado a fusões medievais, góticas e com metal/rock, dirigido por Kristinne Folly.

 Idealizadora e  organizadora do Underworld Fusion Fest, junto com Anne Nargis, em 2010. Primeiro evento voltado ao tribal fusion e fusões exóticas na Região Serrana do estado do Rio de Janeiro.  A segunda edição foi realizada em conjunto com Gilmara Cruz na cidade de Curitiba-PR, nos dias 20 e 21 de agosto de 2016 (clique aqui). 

Estagiou dando aulas em nível básico de tribal fusion em 2011 e começou a lecionar como professora titular em 2012, no Espaço Pytia, da professora e bailarina Anne Nargis, em Nova Friburgo-RJ.  Em 2013  (até meados de 2014) começou a lecionar na Escola de Dança Edu Cigano, no Country Clube de Nova Friburgo-RJ, do bailarino e professor Eduardo Ribeiro.

Em 2012 começou o projeto do seu mais novo blog em conjunto com a bailarina Ju Najlah, o Dança do Ventre em Nova Friburgo, no intuito de divulgar esta arte nesta cidade, seus professores envolvidos, aulas e muito mais (clique aqui para acessá-lo).

Neste mesmo ano, participou do concurso cultural do Gothla Brasil para participar do show de abertura do evento.

Em 2013, participou do projeto Mapeando o Tribal no Brasil, idealizado por Mariáh Voltaire (PR), com participação de Bety Damballah (PR) e Ana Harff(Argentina)N

No final de 2013, participou do concurso cultural promovido pelo Fã Clube Eluveitie Brasil, sendo seu vídeo o escolhido pelo  baterista  Merlin Sutter a receber camiseta e cd do Eluveitie . Clique aqui para assistir. 

Em 2014, convidada por Mariáh Voltaire (PR), Aerith participa como apresentadora do primeiro Podcast  de Tribal do Brasil, o Tribalcast Brasil. A proposta é trazer temas interessantes e instigantes para debatermos juntas com convidadas, permitindo o público interação através de perguntas e opiniões, além da sugestões dos temas para as edições seguintes. Nossa proposta é dar voz a todos que fazem parte da cena tribal brasileira, sabendo o que diferentes pessoas pensam sobre um mesmo assunto,criando diferentes perspectivas.


Idealizadora e organizadora dos Encontros de Folk & Metal desde 2013, com 5 edições realizadas nas cidades do Rio de Janeiro e Nova Friburgo, nos anos de 2013 e 2014Em 2015, o grupo Folk & Metal RJ ampliou seus horizontes, tornado-se o atual Aliança Folk & Metal BRcom o intuito de mobilizar e melhor administrar o grupo, com núcleos nos estados do Paraná ( Aerith e semihazah), Rio de Janeiro (Jackie Alves) e São Paulo (João Neto). Neste mesmo ano, começa a organizar os Encontros em Curitiba, com três edições realizadas.

Em 2016, Aerith é convidada a organizar o Solstício das Deusas em conjunto com Gilmara Cruz, cuja 4ª edição será realizada nos dias 10 e 11 de dezembro de 2016, em Curitiba-PR (clique aqui). 

Em 2016, começou a lecionar na cidade de Curitiba no Estúdio de Dança Gilmara Cruz (Centro) e Cenário Espaço Arte (São Francisco).


Identifica-se com as fusões mais exóticas da dança do ventre, como gótico, metal/rock, medieval dark  fusion.

 Atualmente, reside em Curitiba-PR, em que está desenvolvendo novos projetos e parcerias envolvendo a dança tribal.



Aulas em Curitiba-PR:



















Eventos  que já participou:

2008
2009
  • Egyptian Night | Nova Friburgo - RJ
  • I Seminário de Dança do Ventre da Região Serrana | Nova Friburgo-RJ

2010
  • Underworld Fusion Fest  | Nova Friburgo-RJ
2011

  •  Tribes Brasil 4 | Rio de Janeiro-RJ

2012

  • Gothla BrasilRio de Janeiro-RJ
  • Cadima Origens | Nova Friburgo- RJ

  • I Encontro Friburguense de Danças Orientais | Nova Friburgo-RJ

  • Festival de Dança da Academia Cecília Gym | Cordeiro-RJ
  • Veredas Orientais | Nova Friburgo-RJ

2013

2014
2015

2016
  • Belly Fusion | Nova Friburgo - RJ

  
Professores
  • Aulas Regulares:
  
Professor(a): Kristinne Folly
Local:Nova Friburgo-RJ

Duração: 2008-2009

Sobre: Minha primeira  professora de dança do ventre e tribal fusion e eterna inspiração. Kristinne foi a pessoa que cativou meu coração para a dança através das fusões com metal, medieval e gótico com a dança do ventre, que praticava antes mesmo de se envolver com o tribal fusion. Com ela aprendi o gosto de uma dança com muita técnica e impacto, com movimentos grandes e sinuosos.
  • Workshops:
Nacionais

Professor(a): Crys Eda (SP)
Ano: 2010
Duração:4 horas
Evento: Underworld Fusion Fest (Nova Friburgo-RJ)

Tema: Tribal Fusion e Tribal Gótico- deslocamentos, ombros e braços, postura, isolamento, expressão e musicalidade.

Sobre:  Crys Eda para mim é uma das melhores bailarinas de tribal fusion. Sua técnica e fluidez na dança são perfeitas e de prender a atenção do público! Com ela aprendi a estudar mais emendas, popping e lockings, e isolamentos.


Professor(a): Kilma Farias (PB)
Ano: 2011
Duração: 
Evento: Tribes Brasil 4 (Rio de Janeiro-RJ)

Tema: Em Breve

Sobre: Kilma Farias com certeza é referência brasileira de dança tribal, não só em Tribal Brasil,mas na dança em si em geral. Possui muita leveza, movimentos de hip hop fortes , dança  hipnotizante e muita criatividade! . Sua humildade e energia de uma guerreira tribal brasileira são cativantes.Apesar de ter um breve contato com ela no workshop do Tribes Brasil 2011, suas dicas foram imprencindíveis.Com ela aprendi a dar valor aos mínimos detalhes, dàqueles que são pequenos, mas fazem toda a diferença.


Professor(a): Melinda James (RJ)
Ano: 2012
Duração: +/- 22 horas (uma aula mensal de 3 horas e 15 minutos, de junho a dezembro)
Evento: Studio 3 (Nova Friburgo-RJ) 
Tema: Curso de Formação em Folclore Árabe - gawazee,shamadan,fellahi, hagalla, mwashahat, meléa laff, dança núbia, baladi, shaaby. 
Sobre: Ainda não conhecia o trabalho de Melinda e me encantei, me surpreendi e me envolvi completamente por sua dança, pessoa e vasto conhecimento. Com Melinda aprendi a riqueza da cultura árabe, sua importância não só para a dança do ventre , mas para a dança tribal. Aprendi que o comportamento de um povo, seu dia-a-dia, política e história, refletem em sua cultura e, portanto, em sua dança, no gingado, na execução de movimentos, vestimentas , composições coreográficas e cênica. Com certeza foi a melhor professora que poderia ter tido para me abrir os horizontes com relação ao Folclore Árabe, por sua didática e paixão, que nos facilita compreender e se envolver por essas danças.
 
Internacionais:


 Professor(a): Ariellah (EUA)
Ano: 2011
Duração: 
Evento: Tribes Brasil 4 (Rio de Janeiro-RJ) 

Tema: Em breve

Sobre: Falar sobre Ariellah daria um imenso texto, mas vou tentar resumir rsrs. Com certeza ela foi uma das minhas primeiras inspirações e influências no tribal fusion. Amo sua energia em poder transformar coisas obscuras em sublimes. Adoro suas palavras de ensinamento. Com ela aprendi a força de expressão na dança, tanto facial quanto corporal. Aprendi a olhar para dentro da minha dança e arrancar os sentimentos ocultos do âmago do meu ser e tentar traduzi-los em dança. Ariellah também é uma eterna mestra para mim.


Vídeos:

Em breve
Comentários
0 Comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...